Loading

Seminário Internacional

Gentrificação: medir, prevenir, enfrentar

Programação preliminar 

3a feira 11 de dezembro

Local: Instituto Goethe, rua Lisboa 974, Pinheiros

09:00 – 12:00 – Visitas a campo: Lanchonete.org,  Praça Julio Mesquita/FICA, Bexiga

14:00 – Abertura

14:30 – 16:00 – Sessão 1 –  Teorias da gentrificação
Comentador: Kazuo Nakano (UNIFESP)
Loreta Lees (University of Leicester) Planetary Gentrifications and how to address them (skype)
Tomaso Ferrando (University of Bristol) Properties in transformation
Marina Tonelli Siqueira (Universidade Federal de Santa Catarina) Localizando a gentrificação: um modelo analítico para a identificação e estudo dos processos contemporâneos de elitização urbana

16:00 – 16:30 – pausa

16:30 – 18:00  Sessão 2 – Turismo e patrimônio histórico
Comentadora: Beatriz Kara José (SENAC)

Nadia Somekh (Mackenzie) A Fábrica de Restauro no Bixiga
Angelica Santamaria Alvarado (Universidad los Andes Bogota) Turistización y segregación em la ciudad latino-americana: el caso de Cartagena de Indias, Colombia
Mariana Kimie, Jaime Solares, Simone Scifoni (Rede Paulista de Educação Patrimonial) Gentrificação e patrimônio cultural: uma abordagem para a permanência de grupos sociais no centro de São Paulo.

18:00 – 20:00 – Exibição do filme “Not in My Neighborhood”+ confraternização

4ª feira 12 de dezembro

Local_ Auditório da FAU USP – Cidade Universitária

9:00 – 10:30 – Sessão 3 – Especificidades do Sul Global I
Comentador: João Whitaker (FAU-USP)
Maria Carolina Olarte (Universidad los Andes Bogota) La gentrificación periurbana como forma de producción de paisajes laborales injustos em Madrid, Colombia
Jerome Tadié (IRD/Université Paris VII Diderot) Processos urbanos na região central de Jacarta
Tarcyla Fidalgo Ribeiro (Universidade Federal do Rio de Janeiro) Gentrificação nas favelas cariocas: fenômeno ou discurso?

10:30 – 11:00 – Pausa

11:00 – 13:00 –  Sessão 4 – Especificidades do Sul Global II
Comentadora: Bianca Freire-Medeiros (FFLCH-USP)
Sarah Feldman (IAU USP) Os avessos da gentrificação nos bairros centrais de São Paulo: metropolização e (re) definição da centralidade
Victor Delgadillo (Universidad Autonoma Ciudad de Mexico) Ciudad de México: gentrificación y financiarización del desarrollo urbano
Yasna Contreras (Universidad de Chile) Gentrificación o Comodificación de ciudades centrales minero extractivas chilenas
Luanda Villas Boas (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo USP) A gentrificação, o complexo e o oco: números e notas sobre o ‘renascimento’ do centro de São Paulo

13:00 – 14:30 – Almoço

14:30 – 16:30 Sessão 5 – Coletivos e Movimentos Sociais
Comentadora: Paula Freire Santoro (FAU-USP)
Ulisses Terra (Universidade Federal do ABC) As ocupações em áreas centrais como potência para efetivação do direito à cidade
Maria Carolina Maziviero (Universidade Federal do Paraná) e Daniela Sandler (University of Minessota) A ação direta como mecanismo para enfrentamento da gentrificação: possibilidades e limites
Kelseny Medeiros e Vitor Ido (Faculdade de Direito USP) Entre ativismos e processos judiciais: Engajamento e resistência da comunidade Vila Gomes em face da ameaça de despejo
Artur Duarte (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo USP) A Casa Um e a formação de um enclave LGBT anti-segregação em São Paulo

5a feira 13 de dezembro

Local: Instituto Goethe, rua Lisboa 974, Pinheiros

09:00 – 12:00 – Visitas a campo: Lanchonete.org,  Praça Julio Mesquita/FICA, Bexiga

14:00 – 16:00 – Sessão 6 – Aluguel Social e proprietários sociais
Comentadora: Camila D’Ottaviano (FAU-USP)
Andre Kwak (London School of Economics) A equação econômica das políticas de locação social para famílias de menor renda e sua relação com os processos de gentrificação
Giuliano Silva e Ricardo Trevisan (Caixa Econômica Federal) Moradia Alugada Inteligente e Social: proposta de um programa de locação social para o Brasil
Miriam Pflueger (Montag Stiftungen) Investimento em pessoas e em tijolos: uma fundação atuando no desenvolvimento urbano e pelo bem estar público.
Joana Mosch e Pedro Jardim (Edith Maryon Stiftung) Maryon Stiftung: um caso de proprietário social

16:00 – 18:00 – Sessão 7 -Estratégias anti-gentrificação
Comentador: Renato Cymbalista (FAU-USP)
Gabrielle D Adda (University of Kent) The new Barcelona Model: changing the law to effectively grant the right to housing and contrast gentrification
Sandra Annunziata (Universita degli Studi Roma Tre) Resisting gentrification: anti-displacement discourse and practices from Southern Europe
Sara Belem (FICA) Mouraria de Lisboa: entre planos e programas, quem ficou?
Amanda Huron (Washington State University) Crossing the Atlantic, stalking claims to the city: tenant organizing between Washington D.C. and Johannesburg

18:00 – Encerramento

Visitas a campo

 

Nos dias 11 e 13 de dezembro no período da manhã serão realizadas visitas a campo em espaços e projetos que dizem respeito à gentrificação na área central de São Paulo e ao seu enfrentamento. As visitas são opcionais e possuem vagas limitadas (20 participantes por visita). Por favor só se inscreva se tiver certeza de sua participação. Quem se inscreve e não participa tira o lugar de uma pessoa interessada.

Visita 1 – FICA/ praça Julio Mesquita

FICA (Fundo Imobiliário Comunitário para Aluguel) é uma associação sem fins lucrativos destinada a comprar propriedades no centro de São Paulo e alugá-la a valores não especulativos, buscando interferir no debate e nas políticas públicas alternativas à propriedade privada. Nessa visita, integrantes do FICA compartilharão suas experiências e perspectivas em uma conversa no primeiro apartamento da associação, localizado na Praça Júlio Mesquita. Antes, será realizado um roteiro pelo entorno, no qual será abordada a história da região, contemplando seus inúmeros usos e ocupações.

Visita 2 – Bixiga/Casa Um

O Bixiga é uma região popular do centro de São Paulo, de usos mistos, com alta presença de cortiços e população negra. O bairro foi tombado em 2002, na expectativa de preservação de sua paisagem. Será também visitada a Casa Um, espaço de acolhida LGBT que garante usos populares e a diversidade em trechos do bairro. Se participar desta visita sugerimos uma doação (qualquer valor) à Casa Um, para salvar vidas.

Visita 3 – Lanchonete.org

A Rua Paim na Bela Vista passou por uma transformação radical nos últimos anos. No lugar de casarões e pensionatos foram erguidos edifícios modernos de apartamentos pequenos com altos valores por metro quadrado. Um dos espaços populares que sobrevive é o conjunto Santos Dumont, conhecido como “treme-treme” (mas os moradores detestam este nome). O projeto Lanchonete.org se instalou no Santos Dumont, com o desafio de provar que projetos culturais não são necessariamente gentrificadores.

Convidados(as) Internacionais

Sandra Annunziata (University of Roma Tre), Tomaso Ferrando (University of Bristol), Pedro Jardim (Creative Footprint Forum), Victor Delgadillo (Universidad Autónoma de la Ciudad de México), Amanda Huron (University of the District of Columbia), Loreta Lees (University of Leicester, via skype).

Comissão Organizadora

Bianca Tavolari (FD-USP e CEBRAP), Débora Ungaretti (FAU-USP), Flávio Prol (CEBRAP), João Carlos Kuhn (FAU-USP), José Glauco da Silva (POLI-USP), Julian Fuchs (Instituto Goethe), Karoline Andrade Barros (FAU-USP), Marília Rolemberg (USP), Patricia Oliveira (UFABC), Pedro Jardim (Creative Footprint Forum), Rebeca Lopes Cabral (FAU-USP), Renato Cymbalista (FAU-USP), Rodrigo Millan Valdes (FAU-USP), Stephanie Andrade Guerra (FAU-USP), Tania Knapp da Silva (FAU-USP), Tomaso Ferrando (University of Bristol Law School).

Comissão Científica

Ana Claudia Castro (FAU-USP), Beatriz Kara José (SENAC), Flávio Marques Prol (CEBRAP), Guilherme Wisnik (FAU-USP), Joana Mello (FAU-USP), João Whitaker (FAU-USP), Kazuo Nakano (UNIFESP), Marina Grinover (FAAP/FAU-USP), Maurizio Pioletti (Politecnico de Torino), Nilce Aravecchia (FAU-USP), Renato Cymbalista (FAU-USP), Simone Gatti (FAU-USP), Suzana Pasternak (FAU-USP), Tomaso Ferrando (University of Bristol Law School).

Organização

                           

 

            

 

Apoio